Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

Os 35

Completei ontem as minhas 35 primaveras! 

Não gosto do meu aniversário  (até mudei oficiosamente o dia para o 1° de Janeiro. 

Abril é Abril e na minha família quem não nasceu nele, morreu! Logo à datas que coincidem e eu confesso que preferia que não se lembrem da data! 

Mas este ano foi muito mau, sem a tradicional missa de "aniversário" do meu avô, foram poucos os que se lembraram de mim (nem a minha mãe se lembrou!) (Cuidado com o que desejas! 😂😂😂😂) 

Depois houve os poucos que se lembraram , mas preferiram fingir que se esqueceram (filhos e companheiro). 

Os poucos que restaram lembraram-se graças às redes sociais! 

Sim. No final do dia tinha uma linda surpresa à minha espera. Mas pela primeira vez em 35 anos percebi que não se lembrarem é tão mau como lembrarem-se porque foram à missa do meu avô!

Enfim.... O meu aniversário nunca será perfeito! 

Mas isso não quer dizer que seja mau. É só diferente; exclusivamente meu!

Com filhos L. D. 6

O irmão na escola e eu na horta. Chamei o pequeno para brincar na terra e apanhar sol.

- Mãe ião  (televisão).

- Não ficas cá fora.

- Mãe  fofá (sofá) .. 

- Aproveita o sol. 

- Não quero.

- Aí não? Então pega no aspirador e vai aspirar! 

...

Sentadinho no chão a brincar com o cão! Não voltou a pedir para ir para dentro de casa! 😒

 

A nossa Páscoa

A minha festa favorita voltou a ser cancelada. 

Mas este ano voltei a fazer o folar e a distribuir por todos aqueles, que nos são mais próximos e já decidi que a partilha do folar será a nova tradição de Páscoa. 

Desejo que a próxima Páscoa seja a festa de antes, com o compasso e a visita aos familiares e vizinhos todos. 

Este ano ficamos com a visita rápida para deixar o folar à porta de casa, um aceno rápido de longe e um sorriso nos olhos...

A biblioteca

-Mãe, mãe! Tens de ir às compras ao X.

- Mas eu não faço compras lá! (A pensar que ele queria um peluche)

- Oh mãe , mas eu quero o livro do bando do mar! (Ele com cara triste!)

Fiz lhe a vontade. Cheguei a casa e:

- Oh mãe! Obrigada. Era mesmo isto o que eu queria! Agora podemos ler histórias novas!

 

Afinal há gostos que passam através do cordão umbilical. Os meus filhos adoram livros e eu tenho uma alegria enorme nisso! 

(Antes deste pediu a colecção de outro supermercado associada à causa do "Nariz vermelho"!)

Passo a passo, eles vão ficar com uma biblioteca bem maior que a minha!

Dia do pai.

Hoje é o dia deles.

Daqueles que amam incondicionalmente sem terem necessidade de gerar e parir.

Ser pai é um grande ato de amor. O resto é ser progenitor! 

Hoje é o dia deles. E no dia deles o herói dos meus filhos está no hospital!

Logo vamos para casa. E eu sei que há uma canção há espera dele. 

Uma canção e muito amor!

Sr Joaquim

Hoje é dia de despedida. 

Num dia normal, meu pai romaria ao Porto para o último adeus. Assim ficamos todos por aqui.

Tantas vezes pensei nele, na sua alegria, nas suas visitas... (que saudades!) Ponderei um dia ser eu a visita-lo, retribuir todas as visitas...

Hoje de manhã deram me a notícia e quando o genro me ligou para, também, me dar a notícia, eu não consegui atender. 

É nestes momentos que eu percebo o quanto ainda sou uma menina. 

E hoje, está menina (de lágrimas nos olhos ) teve a confirmação que cresceu, que o tempo passa, e a idade, a doença levaram um grande amigo da família.

Até sempre. Foi um gosto enorme!

Eu voto e tu?

Ontem votei. Não importa em quem, eu votei!

Continuo a não acreditar nas politiquices, continuo a não me sentir representada por aqueles que lá estão, mas eu voto. 

Voto por ser um direto e um dever.  Mas também porque o meu pai não podia votar com 18/21anos. Os meus avós aos 35 anos não o podiam fazer. 

As minhas avós não o poderam fazer durante grande parte da sua vida. 

Eu sei que não tenho de deixar de votar para não eleger ninguém. 

Eu voto porque tenho esse direito e não quero deixar de ter.

 

Reflectindo

Não sei quem teve a ideia brilhante de juntar eleições com pandemia. 

Não chegava os comentários sobre a pandemia que agora juntam-se os da política e eu arrisco-me a reduzir os meus "amigos" nas redes sociais aqueles que não mexem nelas.

Só uma pequena reflexão: eu também tenho umbigo e o vizinho do lado também. E salvo erro todos temos por isso, deixem se de tretas e olhem mais para o lado e de preferência para lá do vosso nariz. 

Todos temos opiniões e o direito a partilha -las, mas não é altura para desafiar ninguém. 

Vamos pensar em respeitar os outros? Vamos parar de sacudir a água do nosso casaco? 

 

Se até ao momento, não foste atingido, há tantos que foram , há tantos que estão a dar o seu melhor e mesmo assim fracassam. E a culpa não é deles é nossa. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub