Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

A família tradicional e a ideologia de género

Alguém explica por favor?

De certeza que o país está assim tão bem economicamente, financeiramente e socialmente que o único interesse da política/sociedade é o que se passa dentro das casas e da roupa dos portugueses?

O que é a família tradicional? E onde uma família tradicional é mais feliz que uma família não tradicional?

Tenho a certeza que todos aqueles que são agredidos e traídos, mas se mantêm juntos em nome do "santo matrimónio" são os pilares de crianças felizes, independentes e autoconfiantes!

Confesso que não entendo porque todos aqueles que são pais/mães solteiros/as são felizes. Assim como não percebo esses descendentes de pais divorciados que insistem em ser pessoas de sucesso, felizes e bem resolvidas.

E não entendo, como filhos de pessoas casadas, religiosas, "pessoas de bem" terminam em cadeias!

Já agora, os casais que não podem ter filhos, são considerados famílias? E se são como os distinguimos dos casais que não querem ter filhos? Vão andar com placa a dizer "Estéril"?

Caramba srs políticos... Venham vocês pregar aquilo, que 2024 anos depois se descobriu, que Cristo deixou por pregar!

Até porque sabemos bem que o inferno está destinado a quem não se identifica com o seu género, vive descaradamente com vários parceiros de varios géneros, tem filhos sem casar, ou não tem filhos sequer... Já os portadores de contas nas ilhas Caimão ou com amigos generosos não tem pecados!

Já agora outra coisa: isso de casas de banho binárias  e não binárias é mesmo necessário? Não basta a casa de banho ter porta e as pessoas fazerem o que tem de fazer lá dentro com a porta fechada?

Não temos mesmo mais nada assim de extraordinária urgência para se discutir? 

Não percebo porque temos de obrigar os outros a fazer as nossas vontades.
Acho que nem Deus se deu a tal trabalho...

Podemos perfeitamente ser felizes sem obrigar ninguém a não o ser.

O mundo é grande o suficiente. Cabemos todos nele. 

 

A começar os 38

20240409_092841.jpg

20240409_091412.jpg

Se há cheiro que me faz viajar no tempo é o aroma de terra acabada de lavrar.

É o aroma da minha infância, onde regresso quase magicamente, em cada lavrada!

E hoje, não podia começar o dia de outra forma. 

Porque há tradições que não se podem perder: lavrar no dia do meu aniversário!

Enquanto os outros contam voltas ao sol eu conto as voltas da terra!

Que seja um ano de boas sementeiras e colheitas felizes!

O dia dos filhos

O dia dos filhos é o dia do meu pai. 

Um cabeça dura que não conhece uma forma simples e bonita de demonstrar o que sente. 

Eu sei que ele é daquelas pessoas com o coração maior que ele, mas que não sabe dizer quanto gosta. Nem sabe lidar com a indiferença daqueles de quem gosta. 

Só desejo que esta data se repita muitas mais vezes. Que ainda tenhamos tempo de criar muitas mais memórias. 

A Riscas

20231217_144808.jpg

Olá 

Sou a Riscas.

Estou a usurpar o espaço da minha humana para dar a conhecer o meu excelente trabalho em decoração de interiores. 

Como podem ver, este natal foi o primeiro (de muitos) onde os meus humanos tiveram a oportunidade de ter um presépio (des)montado como deve de ser. Assim como as luzes do Pinheiro, também tive de lhe dar um toquezito porque aquilo estava sem graça nenhuma. 

Posso confirmar que o Pinheiro de natal não é suficiente para mim, visto que numa das vezes que tentei mudar as bolas ele fez questão de partir um galho. 

Mas sabem o que é injusto: sou dona de uns humanos que nunca estão contentes com o que eu faço.  E eu esforço-me para que eles estejam felizes: faço questão de dormir nos seus pés, passeio-me por cima dos vasos das plantas, volta e meia estou pendurada na gaiola do canário... Eu sou um doce de gata...

Eu sei que parece que estou a candidatar-me a um novo lar. E tem razão! Não fossem as crias dos humanos desta casa e há muito que eu já tinha saído daqui visto que os meus humanos recusam-se a alimentar a meio da noite, não me deixam dormir nas camas (mas também não medeixam dormir no cesto da roupa lavada), reclamam dos pêlos nos sofás e de eu ocupar a cadeira da humana nas horas da refeição. 

Sou uma gata incompreendida que procura um curso intensivo para educar humanos. 

Tem dias

Tem dias em que o sol brilha 

Nas gotas de chuva. 

Noutros dias reina o nevoeiro. 

Tem dias que o vento cura 

Noutros é tempestade. 

Hoje sou de verdade, 

Mas o tempo é traiçoeiro,

E vai haver dias...

Tem dias que estou sem estar 

E outros que não me encontro onde estou.

Não valerá a pena procurar 

Pois nem eu sei como me encontrar. 

Tem dias que pego o nevoeiro 

E vou para parte incerta.

Fico onde não estou,

Sem tempo para regressar. 

A luz

A luz que trago em mim,

Está a acabar. 

Está fraca,

Tem dias que não a vejo a brilhar. 

 

É a saudade, a ausência, 

O luto mal resolvido,

Quem a está a apagar, 

Como cinzas que cobrem as chamas.

 

As lágrimas não lavam a alma.

Os olhos não se habituam ao escuro.

E eu estou parada, 

Sem preparar o futuro. 

 

São tantas as dores.

Não é só o coração ferido 

A alma também está escura. 

Há quanto tempo não tenho um dia colorido, 

Uma noite cheia de lua!

 

A luz que trago em mim 

Está a desaparecer. 

É saudade, é ausência 

E é o conforto do sofrer!

Sobre as eleições

Quase 1milhao e 200mil de votos não foram representados.

"o eleitor de Portalegre vale menos que o de Lisboa " - dito na televisão...

Tem graça, porque o eleitor de Portalegre vale menos para a representatividade parlamentar, mas para os (aproximadamente) 3€ que os partidos ganham o voto em Portalegre vale exactamente o mesmo que em Lisboa....

Até a democracia ignora o interior do país. 

 

A reflexão

Hoje Portugal vai a eleições!

Um país de desigualdades vai hoje escolher o parlamento.  Se se repetir a proeza dos outros anos: a abstenção volta a ganhar as eleições. 

A maioria dos deputados são escolhidos por 3 distritos, os restantes 17 distritos  ficam com os outros 50%  sendo que há distritos a eleger 2 deputados ( e ainda bem que temos 230 porque se fossem só 180 esses distritos não elegiam ninguém!)

A campanha eleitoral não chegou às pontas do país - o Portugal raiano, as localidades extremas do país só ouviram a campanha na televisão e não há sequer promessas para elas.

A conversa durante a campanha foi de quem  merece ou não  a maioria e quem é que vai fazer amizade com o venturoso depois das eleições. 

Temos candidatos que já são suspeitos de corrupção e temos outros que da vida prática (aquela fora da política) não tem nenhum conhecimento. 

Temos partidos a cantar o hino de mão no ar... realmente é o que precisamos, não basta os conjugues que levantam a mão  dentro de casa, nada melhor que partidos de mão levantada para o povo seja aberta, seja fechada.

Temos partidos a prometeram baixar o irs e o irc em troca de mais serviços hospitalares pagos - devo ter chegado depois daquela parte em que eles explicavam aos que não tem rendimentos para pagar irs ou irc, como vão arranjar dinheiro para pagar os médicos privados. 

E tivemos a luta pelo fim do uso de combustíveis fosseis, com tinta verde - tinta 100% biológica e 100% biodegadavel. 

Boa sorte Portugal. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub