Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Por ti

Sabes que te amo?

Amo-te mais que tudo, 

Mais que todos.

 

Por ti enfrento o mundo, 

Enfrento os lobos!

 

Sabes o quanto te quero?

Não há medida, 

Não há tamanho!

 

Devagarinho

Vou voltar para a fábrica.

Iupiii... 😢😧😩

Mas vou continuar o meu projecto. 

Sim, vou lutar... Seria um grande erro abandonar as minhas pequenas conquistas... Vou andar devagarinho, mas vou... 

O trabalho na fábrica vai dar muito jeito para as despesas domésticas... 

Vai ser tão difícil deixar o meu pequeno... Tem de ser 😟😔

Aos olhos dos outros.

Tudo está padronizado.

É uma realidade. 

Não se querem recepcionistas com mais de 50 anos, cabelos sem pintar, excesso de peso e calos nas mãos.

Não se procuram funcionários com movimentos descordenados, fala arrastada e lenta. 

Não se é bonito (bonita) com uma cicatriz na cara, dentes tortos e falta de cabelo.

Ninguém se apaixona por alguém feio, rico, deficientes ou muito mais novo/muito mais velho. (Sempre há um interesse).

Quando isso ocorre, quando algo sai do padrão, as pessoas fazem perguntas (na sua maioria pouco simpáticas),  inventam motivos, fazem juízos de valor... 

Às vezes, a resposta também é desagradável; e na maioria das vezes, nem sequer existe.

Se há fugas aos padrões é porque todos têm o mesmo  direito ao sucesso profissional e pessoal. Todos têm direito a ter as mesmas oportunidades de ser feliz... 

Era bom que todas essas perguntas e comentários fossem substituídos por: ESTÁS FELIZ? (Já que há tanta curiosidade, façam uma pergunta como deve ser) 😇

 

Verdade

Hoje ouvi esta frase: "Não se pode olhar para trás, se não, somos infelizes para sempre! "

E eu acrescento: Do passado guarda só o que te faz ir em frente! 😊

E Agora?

Não que eu precise de trabalho...
Na verdade, a unica coisa de que preciso é de dinheiro 

Hoje a fábrica onde trabalhei, ligou-me. Afinal as encomendas aumentaram outra vez e faz falta mais gente. 

 

Confirma-se, quando não é bom eu tenho a mania de repetir sempre mais que uma vez...

Desemprego

Depois de uma semana no desemprego, lá volto eu às entrevistas de trabalho. 

Continuo a pensar que são um autêntico teste à minha auto-estima! 

Tudo é problema. 

Não sou conveniente porque o meu inglês é uma porcaria  (e é verdade ); porque tenho muitos estudos, porque tenho pouca experiência... enfim 😧. 

Sim, há aquele plano. 😉

Fruta

Adoro fruta. Mas também gosto muito de fazer uma sobremesa ao domingo.

Meu companheiro hoje disse: 

" Os bolos fazem mal. São doces... Devemos comer mais fruta." 

Mais fruta? Ora vejamos: tarte inglesa de maçã, bolo de cenoura, pudim de banana, bolo de maçã, tartede pêra... 

Oh tão difícil...

 

Pelo bem estar familiar

Estes dias, em casa, estão a ser bons para criar uma relação com o meu filho. 

Tenho tempo para me sentar a brincar com ele e enche-lo de beijos. Posso assistir às suas conquistas e fazer todas as tarefas domésticas. 😍

Eu não me importo nada de ter mais tempo livre  (é  mesmo o lado económico que me deixa preocupada.) 

Sou da opinião que as crianças nesta fase tem de ter toda a atenção e  (não sendo nada especialista nesta matéria) parece-me que é muito importante para o meu pequeno a companhia dos pais (e deduzo que seja igual para os outros bebés).

Sei que foi uma luta conseguir aumentar a licença de maternidade e,  principalmente, sei que nem todos os pais têm oportunidade para gozar todo o tempo. 

No que me parece, seria óptimo a licença de maternidade ter 12 meses e aquelas 2 horas de "amamentação" deveriam durar até aos 2 anos de idade das crianças.

Sugiro que, depois do primeiro ano, os pais tivessem direito a uma hora do horário laboral para dedicarem aos seus filhos (só até ao segundo aniversário da criança). 

Eu sei: os patrões não tem a mesma opinião!!!! 😯😒

A parte fácil está.

Ontem recebi uma resposta positiva em relação ao meu projecto.

Depois de imensos contactos, e ao fim de vários meses, aquilo que para outros poderia ser a parte mais difícil, está feita. 

Mas, para mim, foi a parte mais fácil. 

Aproveitei essa resposta positiva para ir falar com os meus pais. E adivinhem... da parte deles a resposta não muda. 😧

Seria muito mais fácil se eles me cedessem os terrenos, que por acaso estão sem aproveitar.... 

Também não sei como vou dar a notícia aqui em casa. Será que assim fica bem: "Estou cansada de trabalho precário. Vejo na criação de um negócio, a solução para isso. E tenho uma ideia espectacular... Só preciso de XXmil €." 

O desafio está em conseguir tudo o que me falta... 

Dizer o quê? MÃOS À OBRA!!!!

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D