Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Para pensar 2

IComeço por escrever para ti. Tu que ainda não és adulto, mas já tens idade suficiente para entender o que fazes. 

Tu que estás a viver a tua primeira grande desilusão: o divórcio dos teus pais!

Sim, até compreendo que não é fácil. Que não fazia parte dos teus planos, mesmo que existissem sinais evidentes de que um dia isto ia acontecer!

Tu, um adolescente, bem perto da "idade adulta, já sabes bem o que é isso de consequências...

Tu, um adolescente, recentemente filho de pais separados, deixa -me esclarecer uma coisa que tu já devias saber: o divórcio foi entre os teus pais. Nenhum deles se divorciou de ti! Mesmo aquele que saiu de casa, não o fez para te abandonar. 

Então , faz um favor a ti mesmo: pára de ser uma besta mimada!

Sim, estás a ser uma criança mimada, com a diferença que já não és uma criança!

Da próxima vez que o teu pai tentar falar contigo, por favor, lembra -te da tua colega (aquela que era filha de um bom amigo do teu pai: ela gostava de falar com o pai, mas não pode. E sabes os pais daquele teu vizinho, (aquele que teve o acidente de mota) de certeza que também gostavam de falar com o filho, mas não podem... 

E eu até te posso falar do meu primo... Tenho a certeza que quando tinha a tua idade, gostava de falar com o pai, mas não podia... e hoje trocava muitas coisas para falar com a filha  (que tinha a tua idade) mas também não pode. 

Aproveita, pois agora tens de dividir o teu tempo entre o teu pai e a tua mãe, mas ainda podes dividir... Deixa de os castigar,  porque na verdade só estás a perder momentos bons!!!

Voltamos á Era pré-tecnologias da informação

Esta segunda foi um dia do catano...

Consegui queimar no mesmo dia o telemóvel e o computador... Melhor dizendo: afogar o telemóvel e queimar o computador!

Pois é, ao fim de 18 meses na minha vida (vivendo com todo o cuidado: sem um risco, um arranhão, uma amolgadela!) ele resolveu iniciar carreira em mergulho!!! Foi, provavelmente, a última vítima da tempestade Félix...

Como isso não era suficiente, á noite, depois do jantar, e depois de um dia sem telemovél (estando eu sedenta de informação e redes sociais) resolvi ligar o meu pc...

O meu velhinho e fiel companheiro de tantas noitadas académicas, não resistiu ao abandono de vários meses !!!

Liguei-o a ultima vez no Natal, estava lento (muito lento), eu prometi-lhe que o levava ao "médico", mas falhei a promessa... Na segunda, quando o liguei a unica coisa que recebi dele foi uma chiadeira... 

Para completar o quadro, a tempestade Giselle, queimou-nos a box cá de casa... 

Tem sido uma semana fantástica... Não tenho telemóvel, não temos wi-fi e não temos telefone fixo... E a televisão nova (comprada no natal) também se queimou...

Como sobra tempo, (verdade as redes sociais e todo o intertenimiento na internet rouba mesmo MUITO tempo) tenho estado a experimentar umas roupas (vestidos e tunicas) da minha anterior gravidez e: Pareço a minha avó com as camisas de noite vestidas!!!! 

 

Dia da mulher

A luta pela igualdade...

Por favor não confundir! 

Homens e mulheres não podem ser iguais  (nem as mulheres são iguais entre si!), por isso não se está a pedir para que sejam iguais, mas sim para que tenham direito às mesmas oportunidades de serem felizes e se sentirem pessoas realizadas!

O objectivo é lutar contra as desigualdades. Porquê que duas pessoas de géneros diferentes a desempenhar as mesmas funções recebem ordenados e compensações diferentes (quando o seu trabalho não se distingue)? 

Porquê que as mulheres têm mais dificuldade em  progredir na carreira,  principalmente depois de ter filhos, que um homem? 

Claro que, enquanto em meio mundo, as questões de igualdade passam principalmente pelas oportunidades profissionais, não podemos esquecer a outra metade.

Aquela metade do mundo onde a mulher não tem direitos... Onde o único direito que tem é ter um "tutor". Onde meninas casam com desconhecidos, não podem ir à escola, não podem tanta coisa!

 

Siria: demasiado silêncio

Estou a escrever este post com a televisão ligada nas minhas costas. Estou a ouvir, mas recuso-me a olhar... Se as palavras são tão más , nem quero ver as imagens...

Fala-se tanto na Síria... Ou não se fala nada  (eu já explico)... 

O Facebook está cheio de textos a pedir um minuto de silêncio pelas vítimas da Síria, pelas crianças que estão a morrer... 

E pergunto eu, mais silêncio? Há 7 anos que nada mais se faz para além do nos calarmos...

Há quanto tempo não se fala dos refugiados à deriva no Mediterrâneo? Já resolveram esse problema? 

Há 7 anos que a Síria tem sempre uma notícia nova... Há 7 anos que a Síria é um acumular de novos problemas. Sim um acumular, pois muda-se de problema  sem resolver o anterior. 

Não há ninguém interessado em resolver o problema  (os problemas)... Pergunto-me se as reuniões da ONU  (e outras instituições "empenhadas" na paz) fossem no centro dos bombardeamentos será que o sessar fogo não seria respeitado??? 

Não façamos minutos de silêncio. O que a Síria precisa é que se faça barulho...

Barulho contra armas, mortes, e todo o sofrimento... 

Com filhos 14

O despertador tocou e o pequeno levantou-se rapidamente e começou a saltar na cama. 

Levantei-me peguei nele e trouxe-o para a nossa cama. Deitei-me com ele uns 5 minutos. Ao fim desse tempo ele pediu a família de peluches com quem dorme  (vaca, urso, panda e cão).

Levantei-me e fui busca-los. 

Distribuiu: a vaca dorme com o pai, o cão dorme com a mãe... 

Disse eu:

"-A mãe não vai dormir. Vai trabalhar."

Agarrou -se ao meu pescoço e  disse: 

"- Não.  Deita e dome."

O meu filho é um óptimo patrão!!!!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D