Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Amamentar em público

Uma pessoa vai há praia ou ao rio e vê algumas senhoras e jovens a fazer top less (e muito bem, digasse de passagem) e não se ouvem nenhuns comentários  (e ainda bem).

Depois , vai uma pessoa dar de mamar em público e ouvem -se coisas como: " olha o que está a fazer aqui, num lugar cheio de gente..."

E fico eu a pensar: a função das mamas é fazer top less? E só me avisam agora? Quer dizer andei eu a dar de mamar durante 2 anos (e estou a repetir novamente! )e afinal não é para isso que elas servem...😈😒

2 meses

Tenho te nos meus braços e desejo muito conseguir aproveitar todos os momentos em que me seja possível ter-te junto a mim. 

São dois meses. Dois meses bem preenchidos. 

Estás cada vez mais parecido com o teu irmão, e no entanto, são tão diferentes. 

Confesso que ficava triste ao pensar que tu não tiveste a mesma sorte que o teu irmão, ao ter a atenção toda só para ti. Tu tens que dividir os mimos com ele desde que nasceste, mas há uma coisa que tu tens e o teu irmão não tinha: a atenção e os mimos do teu irmão!

 Amo as vossas parecenças e as vossas diferenças. Amo-vos! 

 

Memórias 10

" A vida é um mar de rosas, por isso tem pétalas, perfume e espinhos  (se não tivesse espinhos era um mar de cravos)!

Se um dia a solidão te abraçar e o carinho te faltar, é só porque tens os amigos que mereces!"

 

Prémio "Pai do Século"

Podem -se candidatar todos os pais que:

-Mudaram 7 ou 8 fraldas no primeiro dia de vida do bebé  (porque a mãe estava a recuperar da cesariana)

-Tem de estar acordados noites a fio com o choro do bebé (porque a mãe não o consegue adormecer, mesmo que passe a noite toda a embalar a criatura!)

-Tem de mudar uma fralda com cocó

- Tem de dar banho ao bebé 

- Tem de recordar a mãe das consultas no médico, porque ela está com falta de memória

-Tem de ajudar nas tarefas domésticas... 

Outros requisitos, serão também valorizados.

Sim, merecem o prémio porque não é da responsabilidade deles cuidar dos seus rebentos. 

Meus caros: ter filhos não é fácil. Não é fácil as noites sem dormir, as cólicas das crianças, as fraldas sujas, a regurgitação na nossa roupa... 

Mas façam um pequeno exercício: imaginem o que é ter o corpo a mudar durante 9 meses: são muitos quilos, muito volume, muitas alterações hormonais. E não fica por aí: são vários pontapés nas costelas e na bexiga por dia, são enjoos e azia com frequência... Depois de 9 meses de mudanças no nosso corpo, vem o trabalho de parto (que não deve ser necessário falar dele) e depois do parto, as alterações continuam: os seios a crescer, a doer e a pingar leite... a barriga que continua volumosa, mas agora não tem ninguém lá dentro... 

E não precisam de ser pacientes: afinal não se tem o corpo diferente, não se tem as hormonas aos saltos, não se tem que dar de mamar em curtos períodos de tempo... Não se consegue entender o porquê das alterações de humor, do cansaço e da falta de memória!!! 

A vossa ajuda nesta fase da vida do casal é um favor que vossas companheiras vos ficam a dever. Afinal, o papel delas nesta altura é tão fácil!!!

8 semanas

Olha já são 8.

8 semanas de muito amor, novos desafios, novos medos, novas descobertas.

8 semanas... o tempo não espera! O tempo não sabe como é bom ficar quieta somente a olhar para ti  (e para o mano também!), se soubesse, também o tempo parava só para eu poder estar mais tempo a olhar para vós.

Para pensar

Ninguém é obrigado a entender ou concordar com as decisões alheias. 

Tem de as respeitar. Sim é necessário que as respeitem. É indiferente se concordam ou não!

Desabafo

São castelos no ar 

O que eu vejo cair!

(Há muito que deixei de fingir 

Que os consigo agarrar!)

 

É areia que corre

Por entre os dedos cansados.

Um tempo que morre

Em momentos inacabados.

 

É minha vontade de escrever, 

Minha esperança vazia 

De ouvir as letras a dizer 

O que  a voz há muito silencia...

 

É uma dor no peito.

Uma leveza dolorida 

De quem encontrou o pior jeito 

Para seguir com a vida!

 

A idade, a idade, a idade...

No alto dos 93 anos a minha velhinha já perdeu muita da sua força física. Já não anda e, como ela diz, um dos braços está muito preguiçoso. 

Não acho que isso seja razão suficiente para que não possa usufruir do neto mais novo. 

Sempre que posso coloco o pequeno no seu colo. Ela adora e ele também, pois ninguém o consegue acalmar e adormecer tão rapidamente como ela.

No entanto, sempre que eu digo que deixo o pequeno com a avó, sou repreendida. A razão que me dão: ela já é muito velha! 

Eu sei as limitações dela e não considero que esteja a por algum deles em perigo. E, eles têm o direito de criar laços. Que laços criam se não tiverem contacto um com o outro? 

Outra coisa que eu não suporto são os comentários sobre e a paternidade "tardia". Como se ser pai tarde seja algo mau, como se um homem  (ou mulher )perca a capacidade de amar, educar e proteger com o passar do tempo!

Sim o meu companheiro já não é um jovem. Entrou na paternidade tarde. Mas onde está o mal disso? É um excelente pai, presente e prestável, como não são muitos pais mais novos, que eu conheço. 

Para terminar, frisar a minha revolta nessas ofertas de emprego em que pedem claramente  (ou não ) pessoas jovens. Será que depois dos 25 ou 30 anos as pessoas serão menos competentes? Ou serão demasiado desleixadas para ocuparem certos postos de trabalho? 

Que mania de colocar datas de validade. Somos pessoas - Seres Humanos - os tais que foram sobrevivendo às mudanças devido à sua capacidade de adaptação! 

A idade até pode dificultar algumas actividades, mas também dá experiência... 

 

7 semanas

Continuamos na contagem. 

Que semana esta...

Já apresentas melhoras, já não tens tantas cólicas... Já andas mais calmo!

Foi complicado e cansativo. Foi difícil ver o teu sofrimento e perceber que o que eu te fazia, muito pouco, te ajudava. 

Não consegui evitar sentir culpa pelo teu desconforto. 

Agora, quando sorris para mim, percebo que estou perdoada. 

Sinto me uma afortunada, pois tenho duas pessoas pequeninas, portadoras dos sorrisos mais maravilhosos. 

São 7 semanas de ti. Eu amo-te como se já fizesses parte da minha vida toda!!! 

6 semanas

Deram -te um peluche! o teu primeiro peluche . Melhor: o tio João  (o meu tio João) deu-te um peluche. 

É igual ao meu primeiro peluche  ( a única diferença é a cor) e também foi ele quem mo deu.

É do teu tamanho. E foi-te dado exactamente depois 32 anos de eu receber o meu  (que também era do meu tamanho, o que quer dizer que tu medes tanto com 6 semanas como eu media com 4 meses. 😁😍)

Estás adoentado. E eu estou paranóica... Para mim custa-me saber que não estás bem, mesmo que te mantenhas simpático e que distribuas alguns sorrisos. Para os médicos é o suficiente para estarem tranquilos, mas eu, mas o meu coração só vai estar tranquilo quando tu estiveres novamente em forma!

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D