Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Good bye 2018

Fazendoo balanço de 2018...

Foi o ano em que eu voltei a fazer muitas coisas!

Voltei a perder uma pessoa por causa do cancro;

Voltei a ficar no desemprego;

Voltei a ser mãe;

Voltei a estudar;

Voltei a perder alguém da minha casa! 

Foi um ano agitado!

O próximo ano já promete muitas lutas!

Venha daí 2019. Eu estou cá para vencer!!!

 

6 meses

Hoje fazes 6 meses.

Para comemorar deste-nos uma noite do caneco!!!

6 meses meu amor... Não gatinhas (eu sei, ainda é muito cedo! mas também não te fascina a posição barriga para baixo!) Já gostas de "andar" atrás do teu irmão (tu és fascinado por ele!) Já começámos com a sopa, e se os planos não se trocarem, amanhã começas com a fruta ( já tens um dentinho para ajudar!). 

6 meses de um amor tão bom! 

Quem sou?

É assim que respondo à pergunta  (em entrevistas de emprego) "E como é que se define?" :

Sou uma desempregada, licenciada em Marketing e Comunicação Empresarial, com um CET em gestão e contabilidade e a frequentar uma pós-graduação em Marketing Digital e E-Business! Cheia de vontade de desempenhar funções dentro da "minha" área, mas capaz de fazer qualquer coisa! 

 

 

 

Como ficou o caso "RARISSIMAS"?

Passou um pouco mais de um ano. 

Há um ano não se falava noutra coisa!

Depois da poeira assentar, ainda vi umas entrevistas feitas pela Rádio Renascença. Noticias essas que não tiveram o mesmo feedback que o escândalo. 

Depois de um ano pergunto: o que se fez? Há culpados? Não há? Afinal foi alguma coisa retirada indevidamente?  Que medidas foram tomadas para restabelecer à associação o que foi retirado indevidamente? 

Quem está a fazer a cobertura do que vai acontecendo com a instituição? 

Quem está interessado em saber quais as dificuldades que a instituição está a ultrapassar? Há alguém interessado em saber como estão os utentes da instituição?

Um ano depois, a instituição voltou a estar esquecida... Já ninguém se lembra de qual é o papel da instituição  (mas quando referimos os desvios, já se lembram!)

Atenção: eu continuo a seguir o trabalho deles.

 

Pronto

Conversa: 

"- Então, o pequeno já sabe da avó?"

"- Sim, já. Mas ainda não entende. No sábado perguntou-me quando é que a avó volta!"

"- Coitadinho. Vai ter que se habituar, não tem outro remédio!"

E fiquei eu a pensar: "A sério? Não há outra opção? A gente ainda não tinha entendido isso!" 

a pergunta que não queria responder

"- A Avó? Mãe, onde está a avó? A avó foi passear?"

Nó na garganta... 

"- Não, a avó não foi passear!"

"- A Avó foi com o papá?"

"- Não, a Avó foi para o Jesus..."

"- Para aquele Jesus?" (apontou para o presépio)

"- Não, para o Jesus que está no Céu"

Na quarta feira estivemos a mudar o quarto da venhinha e o pequeno, que não se importou com nada, não tinha feito perguntas, foi ao quarto e chamou 2 vezes pela avó. Eu fingi que não vi nada. Ainda não tinha coragem para lhe explicar o que estava a acontecer! 

Ainda não tenho coragem... Ele começa a sentir a falta dela, e eu não posso mudar isso. 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D