Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

13 meses

Estás quase quase a andar sozinho.

Mordes ao teu irmão quando te tira os brinquedos.

Apontas para ter o que queres.

Apontas para a comida e em seguida para a boca, para que não reste dúvidas de que estás com fome.

Quando não queres a comida, partilhas com o cão.

Adoras ir brincar na casa de banho!

13 meses voaram!

Aprender

https://www.publico.pt/2019/07/22/sociedade/noticia/estado-voltou-falhar-autarcas-macao-vila-rei-pedem-transparencia-combate-incendios-1880763/amp

Ainda estamos em processo de aprendizagem...

Daqui por uns anos estamos prós em protecção florestal e combate a incêndios.... Até lá, temos a sorte de poder treinar como deve de ser...

Só duvido é que se consiga ter floresta e aldeias vivas daqui por 10 anos 

Os meus cães

Feitas as contas, entre cães e cadelas já são 12. (Neste momento tenho só 2 cadelas)

Vou falar só de alguns.

O primeiro: Bobby  (falta de originalidade, mas eu só tinha 3 anos). Mataram-no espetando-lhe um ferro  (eu tinha 5 anos) e alguém matou o único amigo/brinquedo que eu tinha!

Até ao Bebé foram mais 2 cães e 2 cadelas  (ambos os cães foram envenenados). O Bebé era extraordinário. Meu amigo, muito obediente, muito persistente. Nasceu sem uma pata e não o demos a ninguém. 

Ele aprendeu a andar, correr e saltar como qualquer cão.

Morreu velhinho. Porque um cão de grande porte lhe mordeu e rebentou um tumor que ele tinha na pele.

Depois foi o Bobby3. Filho do Bebé era incrível. Ele parecia que tinha nascido ensinado... adorava mimos e crianças! Morreu atropelado.

O tico. Era filho do Bobby3. Tinha ataques "epilépticos" , mas era de uma meiguice e uma inocência quase estúpida... Tinha a mania de se meter com os grandes e defendia se elevando as patas dianteiras... Foi mordido por 2 vezes nas patas e no peito: da primeira vez salvamo-lo  da segunda não conseguimos. ..

Agora o Toby: (Tico +Bobby). Foi um presente. Era um pequeno cachorrinho quando chegou a casa  (há 6anos): branco, completamente branco  (unhas e nariz também ) com olhos azuis claros.  Tinha uma energia inesgotável... adorava saltar  (e correr atrás dos carros). Eu quase o matei  quando lhe dei banho com champô para cães... Ele era albino e por isso não tinha defesas na pele... 

Comprava medicação para atenuar as alergias e estava preso durante o dia para não apanhar sol. 

Hoje, de manhã voltou mordido. Com ferimentos profundos na cabeça e no pescoço. 

Fiquei sem mais um cão...

A ironia: os meus vizinhos continuam com os mesmos cães há anos. Os mesmos cães que, hà 7 anos, matam os meus cães! 

😢😢😢😠

 Espero que exista um Céu para cães. Os meus merecem 😇

As notícias

A política está na ordem do dia.

Políticos que defendem "cotas  de participação," como se isso fosse a solução para acabar com a discriminação. E opiniões pouco simpáticas, privadas, que se tornam públicas!

Claro que temos o direito de não concordar com tudo. Claro que não somos obrigados a gostar de "negros ", "ciganos", brancos", gays ou outra coisa qualquer. Não somos obrigados a gostar,a concordar, a aceitar... MAS é nosso dever respeitar.. E sim, respeitar as diferenças, a pluralidade, e natural. Tão natural como existirem árvores de diferentes tamanhos ou mais que uma espécie de animais! É natural porquea natureza também tem diversidade!

Pessoas que usam noticias para defender os partidos políticos que apoiam. Como se a desgraça em que o sistema público se encontra fosse culpa de um e não de todos! 

Não é assim que as coisas mudam!

Não é com comentários de fúria, cheios de palavras baratas... 

Por onde anda o respeito? 

Uma carta para a Matilde

Olá pequena.

Todos os dias ouço falar em ti. E estou muito orgulhosa. Tenho um orgulho danado nos teus pais. É  verdade! Olha que faz falta muita coragem para abrir assim as portas da vida  (a deles e a tua). 

É por ti... 

Invejo a coragem deles. Quem  me dera ter tido a mesma coragem... 

Não te vou falar de mim, nem de nenhum caso em particular  (ainda não tenho coragem).

Hoje, quero felicitar o povo português. O povo que conseguiu tanto dinheiro num tempo recorde.

Desejo que as burocracias e "as leis" financeiras não atrapalhem tudo.

Falta pouco. Falta tão pouco para se alcançar o objectivo principal. 

Desejo muito que te cures, que tenhas uma vida feliz. 

Muita força pequenina. 

Tens 10 milhões de pessoas a torcer por ti!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D