Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

Quinta à noite

Quando a vida dá uma volta das grandes. Desabafos. Ilusões e desilusões. Mudanças. Novos rumos. Vitórias

15 meses

Já passaram 15 meses. 

O tempo foge, e eu tenho medo de não estar lá. 

De registar os teus 7 dentinhos, a tua teimosia e rebeldia; a forma como achas que és tu quem manda em todos, a mania de morderes no teu irmão por tudo e por nada. 

Já nos imitas em quase tudo e já sabes dizer ba-ta-ta! Adoras legos e carrinhos. 

Estás lindo e grande. 

Estou paixonada por ti, meu pequeno grande amor!

 

21 vítimas?

Hoje ia partilhar o que penso sobre o impacto da agropecuária no aquecimento global.

Mas acabei de ver uma notícia que me deixou um pouco mais preocupada... 

21 vítimas em 9 meses? Como é possível? Morreram 21 PESSOAS devido à violência doméstica em 9 meses.... 

Há doenças em Portugal que não fazem tantas vítimas.  

Um dia destes é mais fácil sobreviver a um cancro do que a uma relação amorosa/familiar!  

Alguma coisa não está bem... Estamos TODOS a falhar em algum lado! 

 

 

Os outros são iguais a ti

Ha uns tempos conheci uma pessoa que nunca me caiu bem. 

Sabem, quando conhecemos alguém e não conseguimos gostar dessa pessoa desde o primeiro momento? 

São feitios muito diferentes...

Na semana passada conheci um pouco da sua história  e dei por mim a pensar: "fogo passou por muito!" 

Ouvi essa pessoa a queixar -se que as pessoas julgam-na sem imaginar o que passou. Eu senti me culpada por isso.  

No entanto, nem passaram 5 minutos até a mesma pessoa julgar outras pessoas sem se dar ao trabalho de saber o que os outros passaram. 

É mau quando isso acontece com ela.  Não importa , quando faz isso aos outros! 

 

Pequena Matilde

Segundo as notícias , hoje voltaste para o hospital . Mais uma luta para enfrentar. Desejo que saías ainda mais forte. Acredito mesmo que esta batalha já está ganha.

Nos últimos meses muito se falou em ti. Graças a ti todo Portugal ficou a conhecer esse medicamento que pode mudar para melhor a vida daqueles que sofrem dessa doença.

Nos últimos tempos muita coisa se falou.

Não os ouças. Eles não sabem nada! Não sabem que quando uma família tem uma criança assim doente e que está hospitalizada com tanta frequência, um dos pais não pode trabalhar. Não sabem que faz falta muita medicação e muitas terapias e um ordenado não chega para tudo...

Não sabem que, independentemente dos verdadeiros efeitos do medicamento em ti, o importante é saber que se tentou. 

Volto a dizer que admiro muito os teus pais. Eles não cruzaram os braços. Eles foram à procura de tudo o que existe para te salvar...

Nem todo mundo entende isso... 

Força princesa. Não são 10 milhões que estão contigo. Mas estão os melhores: aqueles que realmente acreditam que tudo vai correr bem!

DOCE

Tropecei nisto (docemargarida ) sem querer. De vez em quando, lá tropeço eu em doenças raras! 

Apaixonei-me pela história. Pela coragem... 

Mais uma história que nos lembra que nada é garantido.que a vida muda sem avisar e nos coloca à prova...

Como deve ser difícil... e como eu compreendo o que sentem! 

Fogo...

Hoje, por coincidência, estava a pensar numa pessoa especial, assim como esta menina e tantas crianças... 

Lembrei -me de algo que ela me ensinou: a única maneira de vencer é lutando! 

Infelizmente, há excepções à regra! Mas são essas excepções que melhor confirmam a regra!.

Força para esses pais heróis e para essas pequenas grandes forças da natureza!

O primeiro dia de praia do L.D.

Este fim de semana fomos à praia. 

Desde que o L.D. nasceu nunca mais fomos à praia (na verdade é também a primeira vez que mos de casa um dia inteiro os 4!)

Os miúdos ficaram tão felizes.

O pequeno não teve medo da água , nem estranhou a areia nos pés... Por várias vezes pareceu um panado!

O mais velho estava eufórico. Por ele vivíamos na praia! Fartou-se de construir castelos e muralhas na areia! 

Foi um dia super divertido (muito cansativo!) Ao final do dia, os miúdos estavam cansados de todas as brincadeiras e os adultos estavam de coração cheio! 

P.S.: contas feitas o L.D. saiu a ganhar: de todas as vezes que lhe mudei a fralda ele aproveitou para molhar as toalhas dos pais  😂 ) Não há melhor maneira de convencer os pais a passear pela areia e a brincar na água!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D