Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

Para descontrair 28

na-televisao-russa-discute-se-a-anexacao-de-portugal-os-portugueses-viveriam-muito-bem-como-parte-do-imperio-russo

As observações:

- Portugueses viveriam muito bem como parte do império russo: é óbvio que sim,tirando a língua, a maioria está perfeitamente habituada à miséria!

- Não sei se há armas para lhes fazerem frente, mas nós temos uma história rica de padeiras e, ainda hoje há por aí muitos fornos!

- Invejo a visão dos russos, pois de Lisboa conseguem ver a estatua da liberdade. (Em frente a Lisboa há o Cristo Rei, mas aquilo é Almada, não é o Brasil e o troço de água chama-se rio Tejo e não oceano Atlântico!)

- Se se virarem para oriente chegam aos Estados Unidos muito mais depressa. 

Abraço-me

As vezes estou triste.

Preciso de um amigo, 

Alguém que se preocupa comigo,

Mas não tenho. 

Abraco-me a mim,

Porque isto da solidão,

Dizem que mata. 

E isso é coisa que não tenho vontade. 

Já perdi a conta, dos abraços que me ofereci.

É uma falta de calor,

É de um vazio!

Mas é-me necessário!

Disseram que o amanhã vai ser melhor 

E eu quero cá estar,

Só para confirmar.

Valha-me a escrita 

E a facilidade de brincar,

De rir, 

Quando a vontade é chorar. 

Para descontrair 27

"Médicos de família vão ganhar menos se prescrevem exames e medicamentos acima do estipulado!"

Atenção que parece que esta medida é num país,  duma dita democracia: Portugal!

Parece-me que os governos "centristas" já nos estão a preparar para um possível governo de "extremos".

Entretanto, os médicos têm a opção de entrar em greve sempre que o estipulado for prescrito. 

Enquanto isso, durmo descansada porque já percebi que nenhum país pensará atacar Portugal visto que não faz falta virem de fora para matar. Os nossos já estão empenhados nessa tarefa e sem gastar dinheiro em armamento!

O tempo passa

O tempo passa e o único que aprendi é que ele não cura. 

O tempo não cura nada! A gente habituasse às feridas, às ausências, às dores.

Há umas que, no meio do hábito, a gente esquece, outras que a gente acostumasse e outras que não param de doer.

O tempo passa, mas não cura... 

Transforma a ausência em saudade, o vazio em tristeza e a tristeza em loucura.

O tempo não cura. A gente é que muda.

"A saudade não é mais que tudo cheio de vazio!"

dilema

O meu dilema é trazer-te comigo,

Tornando a saudade

Leve como uma pena.

 

O meu dilema

É conseguir que a tua ausência,

Se tranforme numa pena suportável.

 

O meu dilema está na luta

Com este luto

Que é infindável!

 

O meu dilema é que o tempo 

Seja mais lento,

E as lágrimas menos afiadas!

 

O meu dilema é sorrir

Quando partilho as memórias guardadas.

 

O meu dilema é pronunciar o teu nome,

Com a alegria que merecias,

E que eu fui perdendo, ao longo dos dias!

 

O meu dilema é, 

Conseguir acreditar

Como tu acreditavas!

 

 

Para descontrair 26

A pensar na vida depois de assistir o ultimo programa cautelar:

- Um sistema nacional de saúde eficaz é uma das principais razões para o aumento da esperança média de vida ( preciso de explicar porquê que ha tanto desinvestimento nesta área?)

- Portugal é um dos países com mais baixa natalidade... (se pensarmos que ter filhos é o mesmo que pagar um tesla mas levar para casa um corsa de 1985 abalroado por um camião (com o aumento do IUC!), isso num país onde se dorme em carros e com a possibilidade de a primeira consulta de pediatria no SNS ser quando a criança completar 18 anos!- sinceramente, não sei porquê que não nascem mais crianças...)

- O quê que eu vou fazer quando estiver reformada? O mesmo que os velhinhos há 40/50anos atrás e não é dedicar-me à horta! Depois de trabalhar até  aos 86 anos e 4 meses não me deve faltar muito tempo para morrer!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub