Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

As eleições

Já passaram. 

Por várias vezes vim cá para opinar sobre os animais de estimação dos candidatos (confesso que cheguei a pensar que tanta atenção à bicharada ia favorecer o PAN (enganei-me!). Acabei a preferir publicar poemas e não partilhar aquilo que me vai na alma. 

Mas agora vou faze-lo. 

Estou impressionada com os resultados: partidos que perderam lugares parlamentares pode ser visto como um presságio de mudança, como uma demonstração de desagrado pelo "sistema". Mas depois vemos mais do mesmo.

Quantos dirigentes dos partidos a favor ou contra o sistema se passearam pelo interior do país? Sim o país dos esquecidos: dos que pagam os mesmos impostos que os cidadãos do "litoral" mas tem de se deslocar 120km para ter um hospital, mas ouvimos prometer novos hospitais nas áreas metropolitanas. O país dos esquecidos que tem de fazer 120km para ir ao hospital mas não tem transportes públicos, no entanto os lisboetas vão ter mais opções e mais baratas de transportes públicos. 

O país dos esquecidos onde os votos não valem o mesmo que noutras capitais de distrito. 

O país dos esquecidos que pagam os mesmos impostos por menos e piores serviços públicos. 

O país onde nem os políticos anti sistema foram capazes de por os pés. 

O que  deveríamos fazer era votar em branco. Sim todos aqueles que são esquecidos. Que tem de se desenrascar para sobreviver, que ouvem falar de partidos patriotas mas que vivem com dignidade graças aos espanhóis ou ingleses. 

O que os nossos políticos mereciam era o voto em branco. 

Sim o voto em branco e não a abstenção, porque temos a obrigação de não abdicar do nosso direito de voto. 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub