Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

Quinta à noite

"Mereces todas as coisas boas que a vida tem guardado apra ti!" - Para lembrar

Quando eras poeta

Houve um tempo em que eras poeta!
Tinhas um dom.
Um super poder nas pontas dos dedos
Que desenhavam o som
Dos sentimentos!

Houve um tempo em que eras poeta!
De palavras sinceras,
De feridas abertas,
De um coração sobrelotado
Por pensamentos tresloucados!

Houve um tempo em que eras feliz,
Repousando as angustias no branco,
Enquanto vivias em lume brando,
Os incendios que te queimavam no interior,
Os medos que te fizeram estar maior!

Houve um tempo em que eras poeta,
Tinhas asas sem penas,
Da largura certa,
Para enfrentar as tempestades menos amenas

Houve um tempo que eras poeta!
Quando no papel encontravas alívio,
Para esse sofrimento vazio.

Houve um tempo...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub